Português (Brasil)

Danos em prédio de 23 andares evacuado com urgência após 'estrondo' no litoral de SP são evidenciados em imagens

Danos em prédio de 23 andares evacuado com urgência após 'estrondo' no litoral de SP são evidenciados em imagens

Até que o condomínio apresente as documentações técnicas exigidas pela Defesa Civil, o local ficará totalmente interditado após o incidente em Praia Grande (SP).

Compartilhe este conteúdo:

Nesta quarta-feira (14), imagens obtidas pelo G1 mostram os danos nas pilastras do prédio residencial que precisou ser evacuado de forma emergencial em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O local permanecerá totalmente interditado até que o condomínio apresente uma série de documentações técnicas exigidas pela Defesa Civil. Moradores do Edifício Residencial Giovannina Sarane Galavotti ouviram estrondos e deixaram o local na terça-feira (13). O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil foram acionados, constatando os danos nas pilastras. O prédio, com 23 andares e 133 apartamentos, foi entregue em 2011 na Avenida Jorge Hagge, no bairro Aviação, próximo à praia. 

As imagens mostram parte do cimento das pilastras despedaçado e caído no chão, com ferros de sustentação à mostra, alguns entortados, indicando um cisalhamento dos pilares, conforme explicado pelo capitão do Corpo de Bombeiros, Thiago Duarte (veja abaixo).

 

A Prefeitura de Praia Grande informou que o prédio permanecerá interditado até que as documentações técnicas sejam apresentadas pelo condomínio. Medidas já foram tomadas para garantir a segurança, incluindo o escoramento dos pavimentos afetados e o esvaziamento da caixa d'água para reduzir o peso nas pilastras. Após avaliação da Defesa Civil, os moradores puderam retornar ao prédio temporariamente na terça-feira (13) para buscar itens pessoais emergenciais, realizando uma subida controlada em etapas com a equipe do Corpo de Bombeiros. Posteriormente, se abrigaram nas casas de familiares e amigos, enquanto aguardam o suporte da construtora após a emissão dos laudos necessários.

Autor

Manuelle Craveiro.

Compartilhe este conteúdo: