Connect with us

Incidentes

Prédio desaba no Rio de Janeiro, deixando mortos e feridos

Publicado

em

Prédio desaba no Rio de Janeiro, na comunidade Rio das Pedras, na Zona Oeste

Na madrugada desta quinta-feira (03/06), um prédio de 4 andares desabou na comunidade Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O desabamento levou a um incêndio logo na sequência. Pai e filha foram encontrados mortos e três pessoas foram resgatadas com vida, incluindo a mãe da criança.

 

 

As vítimas

Até às 09h40 desta manhã, o Corpo de Bombeiros não havia Confirmarado nenhuma morte. Às 10h40 o corpo de uma menina de 2 anos foi retirado dos escombros sem vida. Às 12h, foi Confirmarada a morte de Natan Gomes de Souza, de 30 anos, pai da criança. Kiara Gomes, mãe e esposa, foi resgatada com vida após 6 horas sob os escombros. Foi ela que informou que seu marido e filha ainda estavam no local.

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, três vítimas do desabamento foram levadas para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra. Eles apresentam estado de saúde estável. Duas vítimas são do sexo feminino, sendo elas Antônia Tatiana Conrado de Souza, de 38 anos, que já foi liberada, e Nataniela de Souza Gomes de 28 anos, irmã de Antônia, que segue internada. A outra vítima é do sexo masculino, Rodrigues de Souza, 29 anos, que também já foi liberado.

 

A situação do imóvel

De acordo com testemunhas, o prédio começou com estalos na estrutura por volta das 02h, levando ao desabamento às 03h20, atingido a rede elétrica e quatro imóveis ao redor. Até o momento, não existem informações do motivo do colapso, mas de acordo com a Secretaria Municipal de Habitação o imóvel era irregular.

 

Talita Galhardo, subprefeita de Jacarepaguá, apontou a possibilidade de não regularização antes da Confirmaração da Secretaria Municipal de Habitação, devido ao fato de que as outras obras ao entorno não terem nenhuma licença e 75% dos imóveis irregulares demolidos entre 2019 e 2020 ficarem na Zona Oeste.

 

De acordo com o Conselho Regional de Engenharia (Crea-RJ), a fiscalização no local é difícil, pois Rio das Pedras é controlado pela milícia.

 

Os resgates

Seis ambulâncias foram enviadas ao local do acidente e uma aeronave da corporação ficou de prontidão, de acordo com o coronel Leandro Monteiro, comandante da corporação. São 112 bombeiros envolvidos nas buscas e resgates desde a madrugada.

 

“O local é de difícil acesso, de risco para os bombeiros – eles estão trabalhando sob os escombros com equipamento de segurança individual. É um trabalho de muita calma, muita paciência, nossos cães estão nos ajudando bastante. Estamos lidando com informações diferentes a cada momento.”, relatou o Coronel em entrevista ao G1.

 

A tragédia relembra dois prédios irregulares que desabaram em 2019 na Muzena, uma comunidade próxima a Rio das Pedras, deixando 24 mortos.

Portal de noticias, artigos e apoio para Síndico e Administradoras, bem como Cursos e Eventos no segmento condominial. Realizamos e facilitamos a interação entre Síndicos, Administradoras, profissionais do mercado condominial e Empresas do segmento. Colaboradores: - Elizabete Letielas - Rafael Alves

Continue Reading
Click to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2021 Sindiconline . Todos os direitos reservados