Connect with us

Gestão

Tudo que você precisa saber em relação a empréstimo para condomínios

Publicado

em

Matéria A solicitação de empréstimos no último ano teve um crescimento de 15,5% no que diz respeito somente aos bancos, tendo a maior alta em 30 anos. O cenário da crise pandêmica levou a uma queda na renda de várias famílias e isso afetou também a renda de patrimônios, fazendo com que o empréstimo para condomínios se tornasse uma opção para manter o local.

Isso acontece muito porque condomínios se depararam frequentemente com a inadimplência por parte dos condôminos. As taxas condominiais suprem as despesas ordinárias (salários, contas, manutenções, limpeza) e também as extraordinárias (decoração, reformas, instalação de novos equipamentos). Mas, afinal, como contornar essa situação em um momento tão delicado? Condomínios podem fazer empréstimo?

É possível um empréstimo para condomínios?

A resposta é sim. Essa pode ser uma opção para síndicos quando o assunto é quitar uma dívida, como a de uma obra urgente ou pagar funcionários essenciais.

Atualmente, existem instituições financeiras que oferecem linhas específicas de empréstimos para condomínios, como para equipamentos, obras (de arquitetura e engenharia) e pagamento de funcionários.

Vantagens do empréstimo para condomínios

  • É possível negociar juros baixos com instituições financeiras que sejam aliadas dos condomínios;
  • A dívida inesperada é respondida pelo condomínio como um todo;
  • Para o crédito de certos valores, síndico e conselheiros assinam uma ata de empréstimos para condomínio. Quando os valores são muito altos, a ata é levada para aprovação em assembleia;
  • Existe a possibilidade do empréstimo para condomínio ser feito com empresas, assim, elas assumem uma dívida diante dos prestadores de serviço, como pinturas, equipamentos e semelhantes. Futuramente, o condomínio paga parcelado, com um valor de desconto, mesmo que com juros.

 

Desvantagens do empréstimo para condomínios

  • Bancos geralmente tornam esse processo burocrático, exigindo um grande volume de documentos, então é preciso ter paciência e persistência;
  • Como garantia, a unidade do síndico pode ser solicitada por bancos ao fazer empréstimos para condomínios;
  • Alguns bancos ou instituições de crédito solicitam que conselheiros e síndicos sejam avalistas da transação.

 

Alertas ao fazer empréstimos para condomínios

O primeiro alerta que fica em relação a empréstimos para condomínios é a escolha de uma instituição confiável e que ofereça boas condições, para que futuramente a dívida consiga ser paga sem dores de cabeça.

Por fim, para fazer o empréstimo, organize uma assembleia e veja se todos estão de acordo e aprovam que essa dívida seja aberta para benefício dos moradores e todo condomínio. Lembre-se: é preciso ser transparente com a gestão do patrimônio e essa aprovação é muito importante.

 

 

Da Redação – por Elizabet Letielas

Portal de noticias, artigos e apoio para Síndico e Administradoras, bem como Cursos e Eventos no segmento condominial. Realizamos e facilitamos a interação entre Síndicos, Administradoras, profissionais do mercado condominial e Empresas do segmento. Colaboradores: - Elizabete Letielas - Rafael Alves

Continue Reading
Click to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2021 Sindiconline . Todos os direitos reservados